Hello Sunshine

Hey pequenas carrots/ príncipes, sejam todos bem vindos ao One Direction Nas Tretas. Aqui vocês irão encontrar diversos imagines e fanfics, fiquem a vontade e se divirtam. Continuem nos acompanhando em todas as redes sociais, pois isso é extremamente gratificante.
Bye :3

~One Direction Nas Tretas~





29 de junho de 2014

I Still Believe- 4º Capitulo

I Still Believe- - I do not want.



"S/N: E não vai, hey se eu chorar me anima.
Harry: Mas se eu sorri é por você."

Fomos andando até em casa, Harry foi para a dele e me perguntou se eu gostaria de sair mais tarde, recusei pois precisava ficar um pouco sozinha, ele entendeu e entrou.. Fui até a minha casa, meu pai não estava e então me lembrei que ele disse que chegaria mais tarde hoje.
Subi, fui tomar um banho, coloquei uma roupa qualquer e desci para almoçar.. Fiquei pensando no Louis, será que eu tenho uma chance com ele? Será que devo falar com ele? Falar que estou gostando dele? Não S/N, é melhor você esperar um pouco para ter certeza se gosta dele ou não.

                                                              ~meses depois~

É hoje, eu tomei coragem e vou falar com o Louis.. Se passaram alguns meses e eu me adaptei a nova escola, Harry está muito carinhoso comigo, até demais. Amy e Hannah se tornaram minhas melhores amigas, e o Louis, sim, estou apaixonada por ele, todos os dias quando eu o vejo pelo colégio nós nos encaramos, eu fico perdida naqueles olhos azuis com uma mistura de verde, o que será que ele pensa sobre mim? Bom, como nunca nos falamos, vou entregar uma carta para ele dizendo tudo sobre meus sentimentos por ele..
Hm, sem nenhum erro de ortografia, está bonitinha, acho que ele vai gostar.. Melhor me apressar, fui tomar meu banho, lavei meus cabelos e os sequei, troquei de roupa, desci para tomar o café e infelizmente tomei sozinha pois me pai já havia saído, terminei, escovei meu dente, peguei minha mochila e a carta então sai.
Encontrei com o Harry a caminho do colégio e ele me encheu de perguntas.

Harry: Aonde você estava? Porque não atendeu as minhas ligações? Qual é o seu problema? S/N estou falando com você.
S/N: Oi Harry.. Eu estava em casa ocupada, não atendi suas ligações por que meu celular estava no silencioso, eu não tenho problemas e eu estou te ouvindo.
Harry: Hm.. Você está bem estranha, está bem bonita... E que carta é essa?
S/N: Obrigada.. É uma carta ué.
Harry: Disso eu sei, para quem é?
S/N: Louis.
Harry: Não acredito que você vai perder tempo com esse cara.. Mas acho que não vai fazer diferença não é? Você está desperdiçando meses e meses pensando nele.
S/N: Harry me deixa.
Harry: Eu nunca conseguiria fazer isso.
S/N: Nhé nhé nhé nhé nhé.
Harry: Sua boba.
S/N: A boba que você ama.
Harry: Eternamente.
S/N: ~risos~ aaaah vem aqui.

Dei um abraço nele e fomos andando, paramos no campo que havia no lado de fora da escola e avistamos Amy e Hannah, elas já sabiam da carta eu estou preparando a mesma a uns três meses.

Amy: E ai S/N?
Hannah: Quando você vai entregar?
S/N: Assim que eu ver ele.
Harry: Bom, sua espera já acabou, olha o Senhor Perfeito ali.

Nesse instante meu coração disparou, eu queria mas não queria entregar.. Eu não tenho coragem o suficiente, minhas pernas travaram e minhas mãos começaram a suar.

Amy: Vai lá.
S/N: Alguém vem comigo?
Amy/Harry/Hannah: Não.
S/N: Também amo vocês.
Hannah: Vai logo.
S/N: Ai, ta bom droga.

Fui andando em direção ao Louis, porque eu estou com um mal pressentimento sobre isso? Eu quero minha cama nesse exato momento.. Vai S/N você consegue.. Ótimo ele não me notou ainda, opa, falei cedo de mais, Logan o melhor amigo do Louis me viu chegando e cutucou ele, puta que pariu agora lascou para o meu lado, não tem volta.

S/N: Er... Oi.. Oi Louis, eu trouxe essa carta para você e...
Louis: Eu não quero.

Dizendo isso ele simplesmente saiu andando, e Logan foi junto com ele.. Eu não sabia aonde enfiar minha cara, metade da escola viu o ocorrido e a outra metade que não viu vai ficar sabendo antes da hora do intervalo.. Eu não queria mais ficar ali, com aquela cara de boba parada no corredor, eu conseguia ouvir algumas pessoas comentando sobre o que acabou de acontecer, minha vontade era voar no pescoço do Tomlinson por ter sido tão insensível comigo, eu também queria ter contido minhas lagrimas mas não consegui, eu não vou mais ficar nesse lugar, vou para casa.
Sai andando em direção a porta de saída, quando eu fui abrir senti uma mão segurar meus braços., me virei e vi que era o Harry.

S/N: Me solta Styles. ~disse brava~
Harry: Não.. E, só para te informar, quem te deu o fora foi ele não eu.. Então você não tem motivos para soltar os cachorros em cima de mim.
S/N: Desculpa.. Harry eu quero ir embora.
Harry: Ok, então eu vou com você.
S/N: Não, você não vai perder aula por minha causa.
Harry: Quieta e andando.

Ok né... Estávamos saindo e voltando para casa quando duas figuras loucas correndo e berrando em nossa direção.. Eu as chamo de Amy e Hannah ¬¬*

Amy: Aonde vocês vão?
Hannah: S/N você está bem?
Amy: Não acredito que ele fez isso com você

E as duas começaram essa gritaria toda, blá blá blá blá blá Louis blá blá blá blá, Harry se irritou e os três começaram a gritar, ow inferno.

S/N: CARALHO TODO MUNDO CALA A PORRA DA BOCA.
Harry/Hannah/Amy: Desculpa amor.

Os três se entre olharam, acho que é pelo fato do Harry também ter dito "Desculpa amor." Bom, ignorei, não estou com cabeça para necas de bitibiriba (Mary? Oi? Como? Que raios é isso? Hahaha adoro u.u).

Hannah: Vocês estão indo para casa?
S/N: Sim porque?
Amy: Podemos ir com vocês?
S/N: Podem mas, vocês vão perder aula.
Hannah: Foda-se, nossa amiga é mais importante.
S/N: Awwwwwww.. Eu amo vocês.
Amy: Sabemos, agora vamos antes que falem que estamos cabulando aula.
Harry: Ok

Fomos até a minha casa, meu pai estava trabalhando então ficamos bem a vontade, resolvemos assistir um filme, eu escolhi Jogo da Vida, esse filme é muito lindo... Assistimos o filme, depois vimos algumas séries, jogamos vídeo-game, comemos e quando fomos olhar no relógio já era 20:00, daqui a pouco meu pai chega pensei comigo.

Amy: Nossa, nem vimos o tempo passar.
S/N: Realmente.
Hannah: Está melhor bebê?
S/N: Sim, obrigada gente.
Harry: Magina.
Amy: Acho melhor irmos embora, vou ter que dar uma bela desculpa quando chegar em casa para os meus pais.
Hannah: O mesmo.
Harry: Eu não.
S/N: Besta, está se gabando só por que mora sozinho.
Harry: Nhé, nhé, nhé, nhé.
S/N: HEY, eu falo NHÉ, NHÉ,NHÉ.
Harry: Por isso mesmo.
S/N: Blé.
Harry: Chulé.
S/N: Hump.
Amy: Hãn?
Harry: Nada não Amy, coisa nossa.
Hannah: E ai gatinha, vamos?
S/N: Fiquem para o jantar, meu pai vai chegar logo.
Amy: Ah.... Hannah?
Hannah: Ok ok... Eu vou ligar para os meus pais avisando, e Amy sugiro que você faça o mesmo.
Amy: Blz.

As meninas estavam ligando para os pais e então meu pai chegou..

S/N: Oi pai.
Patrick: Oi filha.. Nossa, que surpresa, novos amigos?
S/N: Ah pai, essas são Amy e Hannah.
Patrick: A famosa dupla dinâmica?
S/N: Exato.
Patrick: Oi meninas, prazer.
Amy & Hannah: Olá Sr. Parker,
Patrick: Oi Harry.
Harry: Oi Patrick.
Patrick: Vocês vão ficar para o jantar?
S/N: Vão sim pai.
Patrick: Certo, me deem só um momento que eu vou tomar banho e começo a cozinhar.
S/N: Sim senhor.

Meu pai subiu e foi tomar banho, ficamos conversando na sala, ele desceu e começou a prepara o jantar.. Fomos ajudá-lo e o jantar ficou pronto rapidamente.. Estávamos todos sentados a mesa comendo e conversando, então começou uns tremores estranhos, ficamos um pouco assustados e os tremores aumentaram. Logo as paredes estavam tremendo, a mesa, os copos e pratos estavam caindo dos armários e sem mais delongas a casa desmoronou, tivemos a sorte de conseguir sair correndo e nos salvar.. Estávamos os quatro para fora vendo a casa cair, então notei que meu pai não estava aqui.

S/N: PAI!PAI!PAI!PAI... HARRY FAZ ALGUMA COISA.. PAI!
Harry: Fiquem ai

Harry foi em direção a casa caída para procurar meu pai, Meu Deus aonde eu estou com a cabeça eu mandei o Harry ir naquele lugar.

S/N: HARRY.
Harry: Eu estou bem.

Harry on.

Meu pai amado, cadê o Patrick? Como essa casa veio abaixo? Será que foi terremoto? E de onde veio? Estava tudo calmo por aqui..

Harry of.

Harry: PATRICK! PATRICK SE ESTIVER OUVINDO ME RESPONDA.
Patrick: Harry, Harry estou aqui.
Harry: Graças a Deus.. Vem, vou te tirar daqui.

Enquanto isso, eu estava quase morrendo do lado de fora, eu quero meu pai, meu bebê, e quero minha casa..

Amy: Calma S/N
S/N: CALMA??? MEU PAI PODE ESTAR MORTO E VOCÊ QUER QUE EU TENHA CALMA????

Caramba, Harry volta logo....

Harry: S/N aqui.
S/N: HARRY.

Fui correndo até eles, tomando cuidado para não cair.. E.. Não acredito, meu pai está vivo...

S/N: Vem, eu te ajudo.

Fomos carregando meu pai até um local seguro, então pude avistar ambulâncias e jornalistas chegando..
Meu pai foi levado até a ambulância e graças a Deus ele estava bem, foi só o susto. Fomos informados que ocorreu um raro terremoto nível 2 e nossa casa iria demorar pelo menos uns bons meses para ser reconstruída... Ótimo, levei um fora na frente de toda a escola, minha casa desmoronou e quase perdi meu pai, que dia bonito.
Fomos pegar nossas coisas dentro de ''casa'', por sorte conseguimos salvar todas as nossas roupas, sapatos, objetos pessoais, e alguns aparelhos eletrônicos. Os móveis nem pensar, mas tudo bem, meu pai disse que assim que a casa for reconstruída ela já vai estar mobiliada no dia seguinte, menos mal..
Mas o que me preocupa é aonde vamos passar a noite... Ok.. Segundo meu pai vamos para a casa do Harry e amanhã vamos para a casa de um amigo de infância dele, e pelo o que eu entendi vamos ''morar'' com ele até a nossa casa ficar pronta.
As meninas foram para a casa delas e nós fomos para o Harry, deixamos nossas malas na sala, e eu fui trocar de roupa para poder dormir.. Coloquei um pijama, escovei meus dentes e fui para o quarto de hospedes, meu pai dormiria no sofá da sala... Eu já estava dormindo então começou a chover, mas estava muito forte, trovões, relâmpagos, e eu tive um pesadelo com o desmoronamento da minha casa, sonhei que meu pai havia morrido e eu fiquei completamente sozinha e deslocada no mundo.
Deu um trovão e eu acordei gritando, eu tentava mas não conseguia dormir novamente, então levantei e fui na pontinha dos pés para não acordar ninguém, até o quarto do Harry. Eu abri a porta, ele estava dormindo como um anjo, deu outro trovão e eu me assustei e dei um gritinho que fez o Harry acordar.

Harry: Princesa, está com medo?
S/N: Sim.
Harry: Vem aqui. ~disse com uma voz rouca, ah essa voz sempre foi meu ponto fraco que me fazia delirar~

Fui caminhando até a cama dele, me deitei e ele me abraçou, e então dormimos de conchinha... Suas mãos juntas com as minhas eu estava tão segura dormindo junto com ele.
Acordamos com o despertador que marcava 06:30, levantamos e fomos tomar banho (cada um em um banheiro ok safadas u.u).. Terminei meu banho e me troquei, desci para a cozinha e vi o Harry e meu pai fazendo o café..

S/N: Bom dia.
Patrick: Bom dia filha. ~beijo na testa~
Harry: Bom dia princesa ~ele me deu uma meia lua, garoto meu pai está presente sabia '-'~
Patrick: Vamos tomar café que os dois tem que ir para a escola e eu para o trabalho.
S/N & Harry: Ok.
Patrick: S/N quando você sair da escola, vem junto com o Harry e me espera chegar para irmos para a casa do meu amigo.
S/N: Tá pai.

Terminamos o café e fomos para a escola, eu não estava nem um pouco afim de entrar naquele lugar.. Todas as pessoas, repito, TODAS estavam comentando sobre o fora que eu levei do Louis ontem.. As aulas se passaram como uma eternidade, então por um milagre acabaram. Eu vi o Tomlinson hoje e foi a mesma coisa de sempre, ele me encarou, eu encarei ele e seguimos rumos diferentes..
Eu e o Harry estávamos voltando para casa, meu pensamento estava longe e acho que os dele também.. Finalmente chegamos.

Harry: E ai, vamos almoçar? ~disse se sentando no sofá~
S/N: Blz.

Almoçamos e ficamos a tarde inteira de bobeira assistindo filmes e comendo porcarias.. Eu estava distraída com a TV então o Harry me chamou, quando eu fui me virar ele tirou uma foto minha, fdp.

S/N: APAGA
Harry: NÃO FICOU LINDA OW SURTADA.
S/N: Tá tá tá, então me deixa pelo menos ver a foto?
Harry: Aqui, na minha mão.
S/N: Credo Hazza que foto feia, apaga isso menino.
Harry: Ok, com uma condição.
S/N: Estava bom demais para ser verdade, fala.
Harry: Tira uma foto comigo?
S/N: Ok.. Vem cá.

Ele tirou a foto, bom deve ter ficado uma porcaria pelo menos da minha parte...

S/N: Me mostra?
Harry: Aqui.

S/N: ~risos~ até que ficou bonitinha.
Harry: Eu vou mandar emoldurar.
S/N: Nossa, quanto amor.
Harry: Você nem imagina.

Sorri e ficamos nos olhando, aqueles olhos verdes que me deixam sem palavras, seus cabelos perfeitos e essa voz rouca que simplesmente me derrete só de ouvir, fomos nos aproximando um do outro então nós nos beijamos.. Paramos por falta de ar e também escutamos um barulho na porta, era meu pai..

Patrick: Oi filha. Oi Harry.
S/N: Oi pai.
Harry: Oi Patrick.
Patrick: Filha, temos que ir.. Suas coisas já estão arrumadas?
S/N: Estão mas..
Patrick: Vem amor,temos que ir.
S/N: Ah... Ta bom pai...

Subi para pegar as minhas coisas, e logo desci.. Meu pai já estava com tudo pronto lá em baixo.. Ele já havia chamado o táxi que por sinal estava nos esperando lá fora.. Meu pai se despediu de Harry e foi colocando as coisas no carro. Eu dei um abraço no Harry, ele me deu um selinho que acabou se tornando em outro beijo.

Harry: Tchau princesa.
S/N: Tchau príncipe.
Harry: Eu queria que você ficasse.
S/N: Eu também... Se cuida.
Harry: Então fica aqui para cuidar de mim.
S/N: ~risos~.. tchau Hazza.
Harry: ~risos~ Eu te amo.
S/N: Eu também.

Fui embora com meu pai, estávamos indo para essa casa de um amigo misterioso do meu pai.. Demorou um pouquinho mas chegamos, a casa era grande.. Descemos do carro e pegamos nossas malas, fomos em direção a casa e eu reparei que havia um T no portão, eu fiquei pensando do que seria esse T... Meu pai tocou a campainha e logo seu grande amigo veio atender.

XX: Patrick! Quanto tempo.
Patrick: Oi.. Verdade, faz muito tempo que eu não te vejo.
XX: E essa é a S/N? Como está grande.
S/N: Oi.
Patrick: Filha esse é o Joe, meu amigo.
S/N: Prazer Joe.
Joe: O prazer é todo meu. E, aonde estão meus modos? Entrem.. S/N me de a sua mala que eu levo.
S/N: Obrigada.

Hm.. Joe é educado, parece que vai ser legal morar aqui por um tempo.. Estávamos entrando e eu não acredito no que eu vejo, não pode ser, eu devo estar em um sonho ou em um pesadelo.. Não acredito.. Deixei minha mochila cair no chão quando eu o vi parado dentro da casa, sentado no sofá.. Não pode ser verdade... VOCÊ?


----------------------------------------------------------------------------------------------------

Ooooi, good noite pessoal.. E ai, o que estão achando da fic??? E quem será que está sentando no sofá que fez a S/N levar um susto?? Descubram amanhã em I Still Believe ^^

(sempre quis escrever isso HAHAHAHAHAHAHAHA AF MARY '-')

Byee ><

~Malik